Noroeste Informa

Opinião: Alfredão está tão mal que até os aliados tramam contra ele

Opinião: Alfredão está tão mal que até os aliados tramam contra ele

Nas últimas semanas as notícias que circulam pelo mundo político deram um tom nada satisfatório para o Prefeito Alfredão. Apesar dos esforços nada franciscanos de seu filho, Deputado Federal Murillo Gouvêa, para segurar perto seus aliados, a situação do prefeito não apresenta sinais de melhora. Alfredão colocou o time na rua e chegou mesmo a lançar sua pré-candidatura a reeleição no início do ano, ainda sim o ânimo com a situação geral de seu governo não melhora.

O grosso dos problemas políticos do prefeito, entretanto, não vem da particular habilidade política de seus opositores. Estes tem feito, pelo contrário, um trabalho bastante silencioso se comparado ao mesmo período de outros anos. Não, os maiores inimigos do governo estão dentro do próprio governo.

Seja por desentendimentos, ciúmes ou ambição, os aliados de Alfredão não conseguiram achar o ponto comum diante das eleições que se aproximam com a marcha do tempo. O prefeito bem que faz reuniões, mas assim que elas terminam seu grupo se subdivide novamente e recomeçam as tramas.

O enredo mais conhecido é o de um possível rompimento entre o Deputado Estadual Jair Bittencourt e Murillo Gouvêa. Segundo as notícias Jair estaria planejando retirar o apoio a Alfredão e apoiar outro nome para prefeito neste ano. Ligue para qualquer parlamentar do PL (partido de Jair) e pergunte sobre isso que você vai ficar espantado com as respostas.

Outra movimentação que complica a vida política de Alfredão é a do Secretário de Esportes Eduardo do Toldo e sua esposa, a vereadora Keila. As notícias dão conta que Keila não teria desistido de tentar uma candidatura a prefeita, mesmo que isso signifique um rompimento do casal com o prefeito. No carnaval Eduardo tirou foto com o Vice-Prefeito Nel. O vice está rompido com Alfredão desde o ano passado e não poupa críticas ao governo.

A fissura seguinte não é tão conhecida do público, mas é bastante comentada na esfera política. Oliver Barros, Secretário de Educação, não esconde sua independência frente ao prefeito e segue articulando seu futuro a revelia do governo. O problema é que o rapaz montou um grupo de pré-candidatos a vereador que representam o último fôlego popular de Alfredão.

Alfredão entra na reta final das filiações, março, com seu time amplamente fracionado e ameaças de rupturas de todos os lados. A única coisa que une o governo hoje é a certeza de que Alfredão não se reelege e que ninguém ali quer perder a eleição.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: