Noroeste Informa

Parlamentares querem a liberação do São Januário

Parlamentares querem a liberação do São Januário

Os deputados estaduais vascaínos Martha Rocha (PDT), Dani Monteiro (PSOL) e Alan Lopes (PL) solicitaram à Comissão de Esportes da Assembleia Legislativa do Rio (ALERJ) uma audiência pública para discutir a situação do clube que, desde junho, está proibido de jogar com a presença da sua torcida em São Januário.

Queremos entender as causas que impedem o livre exercício das práticas desportivas do Vasco no seu estádio. O clube foi punido por quatro jogos sem torcida pelo STJD em razão do tumulto do jogo contra o Goiás, mas a punição já foi cumprida“, afirma Martha Rocha. Serão convidados para a audiência, representantes do Vasco da Gama, do Ministério Público, da Associação de Moradores da Barreira do Vasco e do Tribunal de Justiça Desportiva.

Na Câmara do Rio, nesta quinta-feira, também só deu Vasco da Gama. Paulo Pinheiro, Luciana Boiteux e Pedro Duarte condenaram a decisão que mantém o estádio interditado por causa da proximidade com a favela da Barreira do Vasco. Pedro Duarte apresentou moção de repúdio; e Paulo Pinheiro, projeto que cria o Dia dos Camisas Negras, designação da década de 1920. O primeiro título de futebol do Vasco na primeira divisão foi há 100 anos, em 1923 com uma inovadora equipe recheada de pretos e mestiços.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: