Noroeste Informa

Opinião: Jair Bittencourt até pulou do barco, mas apenas depois que o barco afundou

Opinião: Jair Bittencourt até pulou do barco, mas apenas depois que o barco afundou

O Deputado Estadual Jair Bittencourt (PL-RJ) deu uma entrevista a Rádio Itaperuna na manhã de ontem (18/03) em que teceu uma série de críticas a atual administração da cidade. Durante a entrevista Jair criticou a forma de gestão do prefeito Alfredão e destacou estado ruim da saúde municipal e os problemas fiscais pelos quais passam o município. Chamou atenção entretanto, o distanciamento da situação presente em todo o discurso do deputado.

No todo ele pareceu querer esconder do grande público que rompeu com o governo há apenas duas semanas. Aliás seu rompimento não foi sequer por críticas a Alfredão e sim pelo lançamento de outro pré-candidato a prefeito. Convenhamos que a postura agressiva contra o prefeito neste momento eleitoral contrasta completamente com a maneira passiva com a qual Jair lidou com os problemas da cidade nos últimos anos.

Afinal, ele não apoiava o governo Alfredão quando os salários dos servidores atrasaram pela primeira vez? E quando atrasaram pela segunda vez? E a terceira vez? E a quarta vez? Quinta? Onde estava Jair quando o caos completo se abateu sobre a Secretaria de Saúde? Na lembrança do itaperunense médio ele estava equipando e ajudando o Hospital de Bom Jesus, enquanto o nosso fechava as portas ao SUS.

Seus colegas de ALERJ, os deputados Filippe Poubel e Elika Takimoto, falam dos problemas de Itaperuna a muito tempo e ele? Descobriu que a cidade está um caos apenas agora? Ele que arroga-se o posto de deputado do interior, não viu o que estava acontecendo antes? Descobriu tudo na semana passada?

O deputado chegou ao abuso discursivo ao dizer que o grupo do prefeito não é e nem nunca foi o seu grupo. Uma completa falta de respeito com quem ouviu a patacoada e um ataque a memória popular ao pedir que as pessoas simplesmente esqueçam os seus aliados de outrora.

Ou será que ele se esqueceu que o presidente de seu partido (PL) era Secretário de Transportes até semana passada? Vai negar que foi ele que lançou Alfredão na vida pública? Vai dizer que nunca foi parceiro político do atual Secretário de Obras de Alexandre da Auto Escola? Vai contar que o secretário de saúde Marcelo Poeys nunca fez parte do mesmo contexto político que o dele? Será que ele se esqueceu dessa turma? Nunca tinha visto nenhum deles antes deste governo?

O que é mais curioso é que Jair deu entrevista em dezembro do ano passado dizendo “a gente tem um grupo e o grupo é grande” e incluiu Alfredão no pacote. Jair tem total direito de se desvencilhar de Alfredão como fez, mas é obrigado a assumir sua parcela de culpa pelo atual estado de coisas na cidade. Ele pulou do barco do prefeito, mas com o naufrágio já em curso. Saiu no apagar das luzes e apenas para não se afogar junto.

Leia matérias relacionadas aqui:

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: