Noroeste Informa

A Surpresa (entre a indigestão e o desgosto)

A Surpresa (entre a indigestão e o desgosto)

A semana política em Itaperuna foi tão quente quanto o clima. Na segunda-feira (13/11) a audiência da ação que investiga o Deputado Federal Murillo Gouvêa e o Prefeito Alfredo Paulo Marques (Alfredão) por suposto abuso de poder econômico acabou fazendo explodir o escândalo dos blogueiros chapa-branca (influenciadores, jornalistas e blogueiros que estão nomeados prefeitura).

No dia 14/11 boatos de que o Secretário de Esportes, Eduardo do Toldo, estava tentando novamente se aproximar novamente do bloco da Oposição ganharam força. A iniciativa acabaria estremecida logo na manhã seguinte com a troca de comando no AGIR, partido da vereadora Keila, esposa de Eduardo (leia sobre aqui).

Ainda na terça-feira fortes rumores com ar impositivo vieram do grupo de Alfredão. O Deputado Federal Murillo Gouvêa teria escolhido sua esposa, a tombense Maria Julia Merges, como candidata a sucessão de seu pai. A escolha da própria esposa realmente pegou os governistas de surpresa.

No meio dos que ainda apoiam o atual prefeito existem dois grupos, o primeiro acredita que Alfredão deva concorrer a reeleição e o segundo acredita que Murillo deveria escolher outra pessoa para enfrentar o pleito de 2024. Entre o segundo grupo todos acreditavam que Murillo, em algum momento, escolheria uma liderança política já consolidada na cidade para suceder seu pai no comando da prefeitura. Para desgosto dessa turma, não foi o que aconteceu.

Os rumores de que o deputado tentaria emplacar a esposa como candidata a prefeita em 2024 já haviam circulado no início do ano, mas perderam força em meio a confusão que se estabeleceu na prefeitura. Agora, com o fim do ano chegando e o ano eleitoral se aproximando, Murillo resolveu deixar uma coisa clara aos seus aliados – ele não vai apoiar ninguém fora de sua casa.

A mensagem, além de deixar desgostosos todos que acreditavam que teriam uma chance na chapa majoritária governista no próximo ano, também colocou uma situação indigesta no meio do grupo do prefeito – Murillo parece não confiar neles para comandar o barco e prefere correr o risco de perder a eleição a ser traído pelo time que lhe acompanha.

Após a notícia aliados do prefeito, entre o desgosto e a indigestão, começaram a procurar um lugar nos botes salva-vidas. Sempre com a devida aparência de calma e confiança, afinal ninguém quer parecer desesperado demais para abandonar o navio.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: