Noroeste Informa

Opinião: Pré-Candidato a Vereador Anderson Cosme dos Santos, o Chapoca.

Opinião: Pré-Candidato a Vereador Anderson Cosme dos Santos, o Chapoca.

Hoje vamos falar de Anderson Cosme dos Santos, mais conhecido como Chapoca, na esteira das nossas análise sobre pré-candidatos a vereador do município de Itaperuna.

Nascido em Nova Iguaçu no ano de 1980 e advogado de formação, foi candidato a vereador pela primeira vez em Itaperuna no PTB no ano de 2012 apoiando Alfredão em sua primeira eleição a prefeitura da cidade. Naquele pleito obteve 787 votos, ficando como segundo suplente. Na eleição seguinte, de 2016, Chapoca mudou de lado e apoiou a eleição do ex-prefeito Marcus Vinícius no PHS obtendo 662 votos, ficando novamente como segundo suplente. Na eleição de 2020 Anderson Chapoca se arrepende e muda de lado outra vez para apoiar Alfredão em sua segunda eleição a prefeitura. Concorreu a vereador pelo PODEMOS e obteve 553 perdendo por apenas 8 votos para o atual vereador Carlinhos Peixeiro, ficando desta vez como primeiro suplente.

Fato curioso é que nas eleições de 2020 Chapoca acreditou ter vencido o pleito e começou a comemorar sua eleição antes da hora tendo que parar as comemorações quando descobriu que havia perdido novamente. Nas eleições nacionais de 2022 Chapoca agora tentou o cargo de Deputado Estadual pelo PP-RJ e obteve 733 votos no estado, sendo 655 votos em Itaperuna. Outra curiosidade é que em 2022 se colocou novamente como oposição a Alfredão, apenas para voltar para a base do prefeito logo após o pleito.

Nossa opinião é que devido ao enorme histórico de vezes que o pré-candidato mudou de lado ele não deve ser prioridade de qualquer grupo onde que venha concorrer. Acreditamos também que para 2024 ele precisará decidir definitivamente se o Alfredão a frente da prefeitura é bom ou ruim para a cidade e se ater a isso ou verá sua credibilidade virar poeira.

Não percebemos grande incomodo entre o eleitorado da cidade com mudanças de lado ocasionais por necessidade partidária, por outro lado o pré-candidato parece abusar da paciência e da boa vontade do eleitor. Por fim ele parece sofrer uma contínua perda de votos a cada eleição e por isso não acreditamos que ele terá em 2024 um êxito maior do que já teve nas eleições passadas.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: