Noroeste Informa

Israel declara Lula “persona non grata” até que se retrate

Israel declara Lula “persona non grata” até que se retrate

O presidente Lula (PT) é oficialmente “persona non grata” em Israel. Esta é a decisão do governo comunicada pessoalmente ao embaixador do Brasil, Frederico Meyer, até que o petista se retrate de seus insultos àquela Nação Amiga.

Esse foi o teor mais significativo da convocação do embaixador “para receber reprimenda” no Ministério das Relações Exteriores Israelense. É a mais grave represália que precede o rompimento de relações diplomáticas. A reprimenda foi feta ao embaixador brasileiro em local bem significativo, o Museu do Holocausto, e irá vigorar até que Lula se retrate e retire o que afirmou.

É um grave ataque antissemita”, afirmou o chanceler Israel Katz, ao embaixador brasileiro. “Em meu nome e em nome dos cidadãos de Israel, diga ao presidente Lula que ele é persona non grata em Israel até que ele se retrate”.

Israel é a única democracia plena presente no Oriente Médio, além de ser a única nação daquela região com liberdade religiosa. O país também ocupa o posto de potência tecnológica, militar, de saúde e educacional.

Israel sempre foi uma nação amiga ao Brasil. Em 2019, por exemplo, o país enviou militares para ajudar no resgate das vítimas do desastre de Brumadinho. As declarações do Presidente da República comprometem consideravelmente as relações entre as duas nações, colocando em risco a neutralidade da diplomacia brasileira.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: