Noroeste Informa

Lideranças da Oposição se Pronunciam sobre o Decreto Bomba de Alfredão

Lideranças da Oposição se Pronunciam sobre o Decreto Bomba de Alfredão

Após a publicação do Decreto Bomba de Alfredão nas redes sociais da prefeitura (Leia mais aqui) e a imensa repercussão negativa gerado por ele (Leia mais aqui). Diversas personalidades e lideranças do município vieram a público se posicionar sobre a medida. Entre eles duas lideranças da oposição postaram em suas redes vídeos sobre o assunto.

O primeiro a falar foi o vereador Alailton Pontes, o Lalá, que publicou em suas redes um vídeo em que expõe sua opinião sobre o Decreto (Veja o vídeo aqui). Ele afirma que o gasto de mais de 160 milhões com RPA feito por Alfredão não pode ser pago pelos servidores do município.

O segundo a se manifestar sobre o tema foi o principal nome da oposição para prefeito em 2024, Kadu Novaes (Veja o vídeo aqui). O pré-candidato afirmou que dada as circunstâncias é como se a prefeitura de Itaperuna tivesse decretado falência. Kadu afirmou ainda que o gasto maior que os recebimentos e os compromissos políticos da atual administração foram uma irresponsabilidade com recursos públicos. Dois pré-candidatos a vereador também se pronunciaram em suas redes sobre o decreto e o ocorrido na Câmara Municipal no dia 07/06 sendo eles Léo Farma (Veja aqui) e Jeffinho Enfermeiro (Veja aqui).

A repercussão do Decreto Bomba tem sido tão ruim que mesmo os aliados políticos de Alfredão começam a dar sinais de desistência frente ao clima ruim no mandato. Ao afirmarem em meio a confusão na sessão da Câmara Municipal do dia 07/06 que Amanda da Aidê deixará a Secretaria de Esportes e voltará para a casa lançaram grandes dúvidas sobre a estabilidade da administração na próxima semana.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: