Noroeste Informa

O ringue de 2024 em Bom Jesus está montado

O ringue de 2024 em Bom Jesus está montado

Na vizinha Bom Jesus do Itabapoana o ringue eleitoral para 2024 parece já estar montado. Deve ser apenas uma repetição do pleito de 2020 sem muitas surpresas. O atual prefeito Paulo Sérgio Cyrillo deve tentar a reeleição frente a tentativa de retorno a cadeira do ex-prefeito Roberto Tatu. A diferença de votos entre os dois na última eleição foi de apenas um porcento: 32,98% para o atual prefeito e 31,17% para o ex-prefeito Roberto Tatu. A terceira colocação ficou para a também ex-prefeita Branca Motta que conquistou 28,89% dos votos.

Dois fatores devem pesar no pleito de 2024.

O primeiro deles é qual posição irá tomar Branca Motta, terceira colocada em 2020. Atualmente a ex-prefeita possui uma proximidade muito grande com o prefeito de Itaperuna, Alfredão, chegando mesmo a participar ativamente de sua gestão no município. Considerando que o filho de Alfredão, Murillo Gouvea, deve apoiar a reeleição de Paulo Sérgio, isso poderia consigná-la a não tentar a cadeira de prefeita novamente e declarar apoio ao atual prefeito.

O segundo fator é os rumos da aliança entre Paulo Sérgio, Jair Bittencourt e Murillo Gouvea. O atual prefeito apoiou a eleição de ambos os deputados em 2022, o que em tese lhe garantia o apoio de ambos em 2024. O ponto de pressão fica por conta do divórcio litigioso pelo qual Jair e Murillo estão passando em Itaperuna (leia mais aqui). Caso a coisa termine muito fraturada será difícil que os dois subam no mesmo palanque em Bom Jesus.

Uma possível união entre Branca e Tatu daria uma vantagem tática para a oposição em Bom Jesus. Já na possibilidade de uma aliança que abarque tanto Branca Motta quantos os dois deputados da região (Jair e Murillo) se tornaria suficientemente forte para garantir a reeleição de Paulo Sérgio.

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: