Noroeste Informa

Opinião: A Tranquilidade de Kadu Novaes e as Confusões de Alfredão

Opinião: A Tranquilidade de Kadu Novaes e as Confusões de Alfredão

O dia de ontem, 24/07, começou quente para o governo Alfredão. Eduardo do Toldo, esposo da vereadora Keila, iria assumir o comando da Secretaria de Esportes, além de outros espaços dentro da administração municipal (Leia mais aqui). O movimento era aguardado a alguns dias e nas contas do Governo essa era a melhor maneira deter o avanço do grupo Oposicionista liderado por Kadu Novaes depois da reunião promovida por ele na semana passada (Leia mais aqui).

Tudo preparado, mesa posta e com convites feitos inclusive a nomes estralados do grupo de Novaes. Os fotógrafos oficiais estavam prontos para publicar a virada estratégica do time de Alfredão e… nada aconteceu. No final do dia nem Eduardo havia sentado na cadeira de Secretário de Esportes e nem os ilustres convidados haviam atendido ao convite (Leia mais aqui). A articulação do Governo Alfredão se perdeu em algum lugar no meio da briga entre seus velhos aliados e os que estavam no caminho da festa.

Olhando distante e alheio a toda confusão ocorrida no grupo de Alfredão estava o tranquilo Kadu Novaes. O principal nome da Oposição não se incomodou a dar um único telefonema, deixou a coisa se desenrolar sozinha. Ficou muito claro de que agora, com ida do casal do Toldo para o grupo de Alfredão, Kadu se consolida sozinho como nome a prefeito da oposição para 2024. Apenas esse movimento já o beneficiaria por si só porém, com o vai-não-vai ocorrido durante o dia de ontem, ele sai duplamente o fortalecido. Além de ter se consolidado como única oposição viável contra Alfredão, ainda conseguiu de brinde provar para toda a classe política que o Prefeito não tem a capacidade de entregar o que promete.

No domingo, 23/07, todos no mundo político sabiam o que estava acertado para acontecer ontem – independente de um ou outro blog negar. Um dos articuladores de Alfredão chegou mesmo a dizer “Não tem político na oposição não? Perderam três numa tacada só!” Só que a segunda-feira chegou, terminou e o time de Alfredão não conseguiu desembolar o embolo. O governo resolveu foi empurrar com a barriga, para sermos claros, a vereadora mais bem votada de 2020. Com o atraso acabou também levantando uma dúvida comum nos demais convidados da festa “Se fizeram isso com vereador de mandato, imagina o que não vão fazer comigo que sou suplente?” como disse um deles a este Jornal.

Kadu Novaes viu a confusão e escolheu não fazer nada. Agiu corretamente. Na nossa opinião ele poderia até sair de férias se quisesse, já que a articulação do desaparecido Prefeito Alfredão por si só dá conta de ajudá-lo e muito. Afinal, será que não tem político no governo Alfredão?

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Telegram

Ajude o Noroeste Informa

Chave: bc1qqgzrj7g03xqsc9cvr3n7m0yvrdc0s7wky453ux

Comentários: